Entre redemoinhos e o mar

É comum que no final de um ano olhemos para trás, percebendo que no curso do tempo que já não é, erramos, nos enganamos, perdemos oportunidades e falhamos em nossos relacionamentos. Tenho feito este exercício.
Estes dias me peguei pensando que seria interessante ter uma “máquina do tempo”, que pudesse me levar àquele instante exato de uma escolha que se mostrou enganosa, no instante imediatamente anterior àquela palavra que magoou.
Já pensou se existisse de fato esta possibilidade? Alguém poderia dizer:
- Ótimo! Minha chance de consertar os passos!
Tenho uma desconfiança quanto a isto.
Se tivéssemos a chance de retornar no tempo e corrigir a palavra dita, a ação precipitada, de que forma iríamos desenvolver a responsabilidade com nossos atos? Cairíamos num espiral de avanço e retrocesso e, assim, a vida não correria seu curso natural. Ficaríamos presos num redemoinho eterno, posto que erramos com freqüência. Não chegaríamos nunca ao mar. Converteríamos a vida numa barragem de comportas fechadas. Não veríamos a trajetória, os cenários mudando, as diferentes margens. Não haveria o movimento nas pedras, nas pequenas frinchas, nas quedas d´água.
A impossibilidade de retornar no tempo contribui para que sejamos mais sérios em nossas escolhas e decisões. Contribui para que pensemos antes de agir ou dizer, sabedores de que nossos movimentos podem, inclusive, alterar o curso da vida de outras pessoas.
Na maior parte das vezes, quero crer, erramos sem querer. Por um momento nossa visão torna-se parcial, vitimada pela neblina que, em muitos instantes, toma conta do leito. E erramos. Erramos na avaliação do momento, dizendo ou fazendo coisas que nos distanciam de pessoas ou da própria paz.
Ao olharmos por detrás dos ombros, é normal que lamentemos algumas cenas da vida que passou. E não é possível voltar no tempo.
Mas a percepção dos erros nos ajuda a olhar o sulco do rio à frente e seguir de maneira mais serena, percebendo nas curvas a oportunidade de desviar-nos daquilo que não é virtude.
Nos igarapés quero acertar, acarinhando gente e matando sedes., concluo.
Não desejo redemoinhos. Quero ir me acertando na corredeira.
Da vida não quero barragens. Da vida espero o mar.
Jonatas Cavalheiro

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Culto de Natal - 2011



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Roda do Advento - Igreja Metodista do Ipiranga


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

e não é?


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

para meus amigos e minhas amigas...


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

para meus amigos e minhas amigas...


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Milha Noturna - Breve reflexão sobre o tempo e sua pressa

Olhai para as aves do céu! Mateus 6:26a

Gosto de fazer caminhadas. Costumo separar uma ou duas noites por semana para esta prática, utilizando as passadas para um tempo de oração, reflexão, fomento de projetos e organização do dia que vem.

Numa destas “jornadas” pensava justamente sobre o ritmo frenético dos dias, que nos faz afundar num emaranhado de compromissos, afazeres, pressas e atrasos. Como é comum dizermos e ouvirmos:

- Não tenho tempo! Não dá! Impossível!

Por vezes a demanda é o trabalho, por vezes o lazer, a igreja, por vezes a família. E despedindo-nos daquilo que realmente nos preenche, os dias vão perdendo a graça, ganhando tons de cinza e de auto-anulação. Assim escapam, escoam, se vão.

O engraçado é que durante uma destas minhas “milhas noturnas”, enquanto pensava nestas questões, numa rua sossegada da vila, me deparei com uma coruja. Sim, aquele animal noturno belíssimo que normalmente se vê no campo. Há muito tempo não via uma coruja, desde a infância na cidade de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Naquele instante paralisei, com medo que meu movimento a afugentasse. Observei-a. Observou-me também. Ela estava na guia da calçada e, depois de alguns instantes abriu suas asas e, num salto, ganhou o céu. Por um momento o seu vôo teve a lua cheia ao fundo. Que imagem linda!, pensei.

Confesso que aquilo me encantou. Vê-la mudou minha rotina e aquele dia deixou de ser um dia comum, para ser o dia em que revi uma coruja.

Desta experiência conclui que é importante que tenhamos novas balizas na existência, a fim de que os dias não sejam iguais. Li certa feita que a criança é tão empolgada com a vida por que em seu universo é tudo novidade. A noção da passagem do tempo é diferente para ela: cada dia tem um gosto especial.

Prestes a iniciar mais um ano deixo a dica. Um pouco de criatividade no cotidiano fará com que você se reposicione diante da vida, tornando-a relevante pela simples percepção de que não estamos presos em nossas limitações, mas plenos de oportunidades dignas do Evangelho.

Para que nos livremos desta impressão de que nossa vida está passando depressa, importa conhecer lugares, trocar a rota, repartir flores, conhecer pessoas, experimentar um doce, redescobrir o entorno. Importa rever corujas. Importa que haja novidade.

Todo dia deve ter a oportunidade de ser único e especial.

Que nas tuas “milhas” diurnas e noturnas o teu olhar esteja sensível a perceber as novas direções para as quais o próprio Deus está te apontando. Olhai as aves do céu!

Com estima pastoral,

Jonatas Cavalheiro, pastor

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Mairiporã 2011

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Eu Nunca Amei Alguém Como Eu Te Amei

Eu nunca amei alguém como eu te amei
Por isso não consigo te esquecer
Esqueça aquilo tudo que eu falei
Mas guarde na lembrança que eu te amo
Há coisas que o tempo não desfaz
Há coisas que a vida pede mais
Se ainda estou tentando me afastar
Meu coração só pensa em voltar
Sorrisos e palavras são tão fáceis
Escondem a saudade que ficou
Mas acho que cansei dos meus disfarces
Quem olha nos meus olhos
Vê que nada terminou
Amor, por tudo isso que hoje eu sei
Não posso nem pensar em te perder
Queria te encontrar pra te dizer
Que eu nunca amei alguém como eu te amei.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Olá Pastoral - 20/12

“Um ao outro ajudou e ao seu companheiro disse: sê forte”. Is. 41.6

Olá,
Quero aqui agradecer às várias manifestações de carinho, recebidas desde domingo, em função da confirmação de nossa nomeação para o Ipiranga. Foram várias ligações, emails, mensagens, palavras e abraços.
Estas indicações, além de nos emocionar sobremaneira, nos motivam e entusiasmam no esforço ministerial pela plena recuperação de nossa igreja.
Há caminhos que precisamos trilhar, com curvas de desafios e oportunidades. Por eles entraremos em mais um ano, na confiança de que Deus vai conosco. Todos os braços são bem-vindos e necessários. Unidos no serviço somos mais fortes, como diz o texto que a este encabeça.
Deixo minha palavra de gratidão pelo acolhimento que mais uma vez nos é dado neste tempo de permanência.
Assim quis o Senhor. Assim o faremos. Aleluia!
Termino cantarolando aquela canção que tanto gosto:
“algo novo Deus está por fazer a este povo a quem muito quer bem”.
Receba meu abraço, que dou com o coração cheio de alegria neste tempo de recomeço, neste tempo de espera por Jesus, o Menino-Deus.
Com estima pastoral,

Jonatas Rotter Cavalheiro
Pastor na Igreja Metodista do Ipiranga

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

o mundo acaba hoje e eu estarei dançando com você

Dançando
Pitty



Eu sei que lá no fundo
Há tanta beleza no mundo
Eu só queria enxergar

As tardes de domingo
O dia me sorrindo
Eu só queria enxergar

Qualquer coisa pra domar
O peito em fogo
Algo pra justificar
Uma vida morna

O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando com você

Não esqueço aquela esquina
A graça da menina
Eu só queria enxergar

Por isso eu me entrego
À um imediatismo cego
Pronta pro mundo acabar

Você acredita no depois?
Prefiro o agora
Se no fim formos só nós dois
Que seja lá fora

O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando com você

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Adele - One and Only (Tradução & Legendado)




estou apaixonado por esta moça
voz melodiosa
que vai e volta
em intensidade, sabor, melancolia
voz que toca o profundo, o escondido, o que não é mais
que vai em sol
volta em do
vai em amor
volta em saudade

exagero?
ouça!

em tempo:
o céu pela janela está incrível.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Neruda

Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.

Pablo Neruda

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Olá Pastoral - 14/12

Oh que paz Jesus me dá,
Paz que outrora não senti
Cada vez sou mais feliz
Desde que O conheci
Olá,
Hoje acordei com a melodia deste hino na cabeça.
Este período, em especial esta semana, é um tempo de intensa reflexão para o corpo pastoral. Como sabem, domingo é o culto de nomeações (Catedral Metodista de São Paulo, 10h) e a expectativa nos coloca em um ambiente de espera e oração.
Não faço idéia do quem vem. Temos algumas indicações, mas nada concreto.
Nestes dias tem sido impossível não lembrar da caminhada nestes quatro anos. Foi um tempo bom, feliz, intenso em desafios e na experimentação da mão de Deus. No domingo passado, enquanto o culto matutino se desenvolvia, o grupo de umas 15 crianças se fazia ouvir em seu ensaio no salão. Sinais da Graça. Esta e outras expressões da igreja nestes últimos tempos me fazem crer que há muitas razões para agradecer. A igreja avançou em muitos aspectos.
Tenho segurança de que nestes quatro anos na Igreja do Ipiranga fiz o melhor que pude, procurando compor com o Rev. Fernando da melhor maneira. Com a ajuda de Deus formamos nestes anos uma boa dupla, que em muito completou-se. Dou Graças a Deus por este período de companheirismo em equipe e pelo aprendizado mútuo que a Graça nos proporcionou.
Quero deixar aqui minha expressão de alegria e privilégio em servir à igreja aqui. Fui recebido com enorme carinho e procurei dar minha contribuição com toda disposição e com o melhor das minhas forças. Se errei com alguém em algum momento, independente das nomeações, Deus vai me ajudar a consertar.
Estou nas mãos de Deus. O Senhor sabe de minha vontade, mas rogo Àquele que me chamou que faça cumprir a Sua. Prego repetidamente que os desígnios do Senhor concorrem sempre para o nosso bem. Eis mais uma chance de viver isto. Tenho plena confiança de que Deus vai afirmar Sua vontade através do governo episcopal da Igreja Metodista no solo da Terceira Região. Meu ministério é dEle. Repouso sobre a Sua mão.
Agradeço a Deus nominalmente por vocês e pelo suporte que deram em amor ao meu ministério. Agradeço pelo carinho em tempos difíceis, pelo auxílio inesperado, pela mão que se juntou a tantas outras, pelo tempo ofertado à igreja, pela ajuda alcançada, pelo desejo de construir uma comunidade de amor, mais forte e digna de Cristo Jesus. A todos e todas vocês minha gratidão.
As coisas mudam, mas o amor do Senhor permanece para sempre.
Que venha o domingo e que Ele traga sobre todos nós o sopro do querer de Deus. De novo.

... oh que paz Jesus me dá!

Com estima pastoral,

Rev. Jonatas Rotter Cavalheiro
Pastor na Igreja Metodista do Ipiranga

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

frase inteligente


"A vida sempre nos reserva primaveras...
Floresçamos."

Fábio de Melo

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Amém

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Olá Pastoral - 05/12


segue o "olá" com a arte do Ricardo

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Olá Pastoral - 05/12

Olá Pastoral – 05/12


Reflexo


Ontem, durante o almoço que tivemos em nossa igreja, tive a chance de conversar um pouco com o casal Sônia e Paulo Roberto. Das várias impressões da vida que trocamos, uma fala da Sônia me fez pensar. Contava ela que a Larissa, sua filha de três anos, tem olhos muito negros, castanhos ao extremo. Já ela, a mãe, tem olhos intensamente claros. Até aí tudo bem. Normal. O interessante está no que contou em seguida: quando as duas se olham nos olhos, a Sônia consegue enxergar-se nitidamente nos olhos escuros da pequenina.

A Sônia não teria esta percepção olhando sua filha de longe.

As experiências mais lindas que temos uns com os outros se dão graças à proximidade. As experiências mais lindas que temos na igreja só podem se dar quando valorizamos e preservamos a comunhão. As experiências mais tocantes e transformadoras da vida só são possíveis debaixo da guarida de Deus, debaixo do abraço de Deus, debaixo da íris do Pai.

Que a proximidade torne possível ao Senhor ver a Sua imagem nos teus olhos, especialmente neste tempo de Advento, instante em que o brilho do olhar de Deus é diferente, a ponto de se fazer estrela, a ponto de se fazer Jesus.

Com estima pastoral,

Jonatas Rotter Cavalheiro

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Duda tentando acordar depois da castração

video

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Advento

"o Seu nome será Maravilhoso Conselheiro,
Deus forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz!"


estamos na caminhada do Advento
estrada que nos leva até a cidade de Belém

um menino está para nascer
e reafirmamos, na repetição da espera
a fé nAquele que vem

prepare o seu coração para a chegada do Menino-Deus
por um momento olhe para trás, notando aquilo que te afastou do Senhor
mas em seguida coloque os olhos no horizonte
a visão do que passou precisa nos empurrar à frente
- a isto damos nome de arrependimento -
culpas nos paralisam

neste Natal,
lembre de Jesus!

e que o brilho da manjedoura te aponte novos caminhos
reinaugurando a própria vida
a tua vida com Deus


com estima pastoral,


Rev. Jonatas Cavalheiro

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

video

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments